Increase Size Decrease Size Reset font to default

Missão

Promover a captação, mobilização e alocação dos recursos financeiros, de forma eficiente, eficaz e transparente, para satisfazer as necessidades de financiamento dos agentes económicos, promovendo o desenvolvimento sustentável da economia.

Visão

Ser referência na oferta de oportunidades de conversão da poupança em investimento produtivo, contribuindo para o crescimento da economia e para a inclusão social e financeira.

Valores

• Transparência, credibilidade e equidade; • Conhecimento, competência e ética profissional; • Iniciativa, Inovação e Modernização; • Parceria e Colaboração Institucional; • Liderança e valorização Pessoal; • Patriotismo e responsabilidade social.

   

Sessão de Bolsa de 23 de Março de 2017

Notícias e Eventos PDF Imprimir

Assembleia Geral Ordinária (CDM)


Em conformidade com o disposto no Artigo décimo terceiro dos Estatutos, é convocada a Assembleia Geral Ordinária da sociedade CERVEJAS DE MOÇAMBIQUE, SA, registada na Conservatória do Registo das Entidades Legais sob o número oito mil seiscentos e sessenta e dois, a folhas 16 do Livro C-23 a ter lugar no dia 30 de Julho de 2009, pelas 15 horas, no Centro de Conferências Joaquim Chissano, sito na Avenida da Marginal, nº 4441, em Maputo, com a seguinte Ordem de Trabalhos:

  •  Ponto Um: Apresentação e Aprovação do Relatório e Contas do Exercício findo em 31 de Março de 2009
  •  Ponto Dois: Aprovação da Proposta de Redução da Reserva Legal
  •  Ponto Três: Aprovação da Proposta de Distribuição de Dividendos
  •  Ponto Quatro Eleição dos Membros dos Órgãos Sociais da Sociedade
  •  Ponto Cinco: Outros assuntos de interesse para a sociedade

Todos os accionistas têm direito a voto na reunião da Assembleia Geral. Contudo, apenas poderão estar presentes ou fazer-se representar na reunião da Assembleia Geral, os accionistas que tiverem depositado os respectivos Certificados de Titularidade das Acções, emitidos pelos Bancos onde as acções se encontram registadas, na Cervejas de Moçambique, S.A., sita na Rua do Jardim n.º 1329, em Maputo, até ao dia 15 de Julho de 2009.
Tendo sido depositados pelo accionista os respectivos Certificados de Titularidade das Acções e estando este impossibilitado de participar na reunião, poderá fazer-se representar por um mandatário.
Os respectivos instrumentos de mandato devem revestir a forma de Cartas de Representação assinadas pelos mandantes e com as respectivas assinaturas reconhecidas por Notário, dirigidas ao Presidente da Mesa da Assembleia Geral e entregues na sede da sociedade, sita na Rua do Jardim n.º 1329, na Cidade de Maputo, até ao dia 22 de Julho de 2009.
Este procedimento é igualmente aplicável aos accionistas que sejam pessoas colectivas, os quais far-se-ão representar por quem for por elas designado para o efeito.
Informamos ainda que o relatório e contas do exercício findo a 31 de Março de 2009 encontrar-se-á disponível e poderá ser obtido na sede da sociedade, a partir da data da publicação desta convocatória.

 
Bolsa de Valores de Moçambique © Todos os Direitos Reservados