Bolsa de Valores de Mocambique
CDM 201,00
CMH 800,00
CETA 120,00
EMOSE 20,00
ZERO 20,00
OT 2005 S2 8.00%
BCI 2009 Sub 16.5625%
Moza Banco 2013 Sub 14.50%
CPC 2014 S1 22.75%
CPC 2014 S2 22.25%
Visabeira 2015 23.50%
OT 2015 S4 10.125%
OT 2015 S5 10.50%
OT 2015 S6 10.50%
STB 2015 S1 22.50%
STB 2015 S2 22.50%
STB 2015 S3 22.50%
BNI 2016 S1 18.75%
Bayport 2016 S1 27.25%
Bayport 2016 S2 27.2500%
OT 2016 S1 11.00%
OT 2016 S2 12.75%
OT 2016 S3 19.1875%
OT 2017 S1 17.875%
OT 2017 S2 17.50%
OT 2017 S3 17.9375%
OT 2017 S4 27.50%
OT 2017 S5 27.50%
OT 2017 S6 24.00%
OT 2017 S7 24.00%
CM 2017 27.00%
Millennium BIM 2017 18.00%
Opportunity Bank 2017 S1 21.50%
OT 2018 S1 19.00%
OT 2018 S2 10.00%
OT 2018 S3 10.00%
OT 2018 S4 10.00%
OT 2018 S5 16.00%
OT 2018 S6 16.00%
Opportunity Bank 2018 S1 22.00%
Bayport 2017 S1 21.50%
OT 2018 S7 16.00%

De 18 a 22 do mês de junho corrente, o Presidente da Bolsa de Valores de Moçambique.

Salim Valá visitou a Província de Gaza com o objectivo de atrair o empresariado local, fazer com que as empresas explorem as janelas de financiamento alternativo através da Bolsa, consciencializar os potenciais investidores para a aplicação das suas poupanças, e promover a literacia financeira.

Durante a deslocação, a BVM realizou uma reunião com os Directores Provinciais de áreas económicas, um workshop com os empresários da provincia e representantes de Bancos, para dota-los de informação e conhecimentos sobre o uso dos produtos do Mercado de Capitais e serviços que a Bolsa dispõe ao mercado.

Foi ministrada uma palestra sobre o Mercado de Capitais e a Bolsa de Valores, no Instituto de Formação de Professores, Eduardo Mondlane, em Xai –Xai, que acolheu estudantes de outras Escolas Secundárias.

Igualmente, foram feitas visitas a algumas empresas de Xai-Xai e Distritos de Chókwè, Guijá e Manjacaze, para melhor aferir as suas condições e disseminar informação sobre o papel e vantagens de se financiar via BVM.

Nos encontros estabelecidos com os gestores do regadio do chokwé e Baixo Limpopo, com empresas de transportes e comércio, da área do turismo e do agro-negócio, foram estabelecidas plataformas de trabalho para o prosseguimento da colaboração no futuro.

Os empresários locais louvaram a iniciativa e mostraram-se abertos e disponíveis em trabalhar com a BVM, para capitalizarem os seus projectos empresariais, e promover a sua diversificação e ampliação.


Fotos do Evento