Increase Size Decrease Size Reset font to default

Missão

Promover a captação, mobilização e alocação dos recursos financeiros, de forma eficiente, eficaz e transparente, para satisfazer as necessidades de financiamento dos agentes económicos, promovendo o desenvolvimento sustentável da economia.

Visão

Ser referência na oferta de oportunidades de conversão da poupança em investimento produtivo, contribuindo para o crescimento da economia e para a inclusão social e financeira.

Valores

• Transparência, credibilidade e equidade; • Conhecimento, competência e ética profissional; • Iniciativa, Inovação e Modernização; • Parceria e Colaboração Institucional; • Liderança e valorização Pessoal; • Patriotismo e responsabilidade social.

   

Sessão de Bolsa de 22 de Fevereiro de 2017

Capitalização Bolsista 2017

BVM Fortifica Cooperação com o BAD PDF Imprimir E-mail

O representante do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) em Moçambique, Joseph Ribeiro, visitou a Bolsa de Valores de Moçambique, no passado dia 21 de Fevereiro do ano corrente. A visita insere-se no âmbito da cooperação que a BVM tem com as Instituições Financeiras e visa estreitar parceiras de forma a apoiar a Bolsa nos seus desafios, no concernente a dinamização do mercado de capitais, capacitação institucional, bem como no potenciamento do Programa de Educação Financeira.

Ribeiro considera que a Instituição tem um papel crucial no desenvolvimento da economia do País, pelo que o BAD, como parceiro do Governo, pretendia se inteirar-se das actividades da BVM e promover a troca de experiências com outros países africanos, assim como reforçar o seu papel no financiamento das empresas.

Durante o encontro reiterou ainda que o BAD poderá está interessado em promover o financiamento em moeda local, de forma a garantir que a oscilação cambial não impacte negativamente na contabilidade das empresas.

Por seu turno, o Presidente do Conselho de Administração da BVM, Salim Valá, referiu que a Instituição vai intensificar a divulgação da importância do uso da Bolsa como meio alternativo de financiamento as PME’s e as grandes empresas em geral e permitir que os aforradores canalizem as suas poupanças produtivamente.

Importa salientar que o BAD é um banco multinacional de desenvolvimento, criado em 1964 do qual são membros 53 países africanos. A sua principal missão é fomentar o desenvolvimento económico e o progresso social de África.

Fotos do Evento

View the embedded image gallery online at:
http://bvm.co.mz/index.php?fontstyle=f-default#sigFreeIdb5bfd08dd8

 
BVM conta com novo Conselho de Administração PDF Imprimir E-mail

O Ministro da Economia e Finanças, Adriano Maleiane, nomeou Salim Cripton Valá para o cargo do Presidente do Conselho de Administração da Bolsa de Valores de Moçambique. Até a data da sua nomeação, Salim Cripton Valá era Conselheiro do Presidente da República para Assuntos Económicos e de Desenvolvimento.

Salim Cripton Valá substitui, no cargo, Anabela Chambuca, que dirigiu a BVM desde Abril de 2012 e agora nomeada Directora do Gabinete da Esposa do Presidente da República.

Valá é quadro sénior da função pública, com grau de mestre em Desenvolvimento Agrário e especialista em Gestão do Desenvolvimento Local. Durante cinco anos dirigiu a Direcção Nacional de Promoção de Desenvolvimento Rural, e em 2010 foi nomeado Secretário Permanente do então Ministério da Planificação e Desenvolvimento.

Importa referir que, em despachos separados, foram empossados igualmente, Ilídio Guibalo para o cargo de Administrador Executivo do Pelouro de Administração e Finanças, e Ivan Pereira para Administrador Executivo do Pelouro de Operações e Mercados, tendo Gabriel Muthisse sido nomeado como Administrador não Executivo.

No acto da apresentação do novo dirigente da bolsa, o titular da Economia e Finanças, instou o novo Conselho de Administração a dar continuidade ao trabalho dos seus antecessores, com o zelo e dedicação que deve reger o exercício das suas funções.

Recomendou ainda aos nomeados sobre a necessidade de expansão e dinamização do segundo mercado de bolsa, não só por ser uma fonte alternativa de financiamento para as Pequenas e Médias Empresas, como também, pelo facto de estarem cotadas na Bolsa de Valores, e isso poder servir como reconhecimento do seu mérito empresarial.

Espera igualmente, que o novo elenco consiga captar mais e melhores empresas para a bolsa e dar uma maior visibilidade e dinamismo ao mercado de capitais em Moçambique.

Fotos do Evento

View the embedded image gallery online at:
http://bvm.co.mz/index.php?fontstyle=f-default#sigFreeId28edf81e33


 
BVM e FSDMoç Cooperam em Projectos de Inclusão Financeira PDF Imprimir E-mail

A Bolsa de Valores de Moçambique (BVM) e a Financial Sector Deepening Moçambique (FSDMoç), assinaram no passado dia 14 de Outubro um Memorando de Entendimento que tem como objectivo a colaboração conjunta das duas instituições em projectos de interesse comum no âmbito da Inclusão Financeira em Moçambique.

A FSDMoç é um programa financiado pelo DFID (Departamento para o Desenvolvimento Internacional do Reino Unido) que visa apoiar e promover iniciativas de Inclusão Financeira que possam contribuir para a existência de um sector financeiro moçambicano mais competitivo e abrangente, concorrendo para a melhoria do ambiente de negócios em Moçambique.

Importa relevar que este programa pretende ainda (1) fortalecer os serviços financeiros prestados pelo sector privado, (2) criar ligações entre os utentes finais e os fornecedores destes serviços, assim como (3) promover as parcerias público-privadas, tornando desta forma o acesso aos serviços financeiros mais facilitado para todos, em particular, para as Pequenas e Médias Empresas (PMEs), e para os Pequenos Agricultores e Agregados Familiares.

A BVM, no âmbito das suas competências e responsabilidades, está fortemente empenhada na promoção e desenvolvimento de um mercado de capitais sólido, diversificado, competitivo e inclusivo, que assegure uma maior protecção dos seus intervenientes, em consonância com a Estratégia para o Desenvolvimento do Sector Financeiro 2013-2022 e a Estratégia Nacional de Inclusão Financeira 2016-2022, aprovadas pelo Governo, pelo que consideramos que os interesses da BVM e da FSDMoç são complementares e convergentes com os seus objectivos na implementação de projectos concorrentes para uma maior Inclusão Financeira em Moçambique.

Fotos do Evento

View the embedded image gallery online at:
http://bvm.co.mz/index.php?fontstyle=f-default#sigFreeIded0f53ece2

 
Moçambique na 9ª Cimeira “Africa Investor (AI) CEO Institutional Investment” PDF Imprimir E-mail

Durante o mês de Setembro, a Presidente da BVM, Anabela Chambuca, deslocou-se aos EUA, integrada na comitiva presidencial de S.Excia o Presidente da Republica, Engº Filipe Nyusi, tendo participado também em dois eventos, a 9ª Cimeira do “Africa Investor (AI) CEO Institutional Investment” organizada pela NASDAQ, e no fórum de negócios EUA -África organizado pelo Departamento do Comércio dos EUA e pela Bloomberg.

Na cimeira do Africa Investor (Ai) CEO Institutional Investment, o tema principal foi o papel dos fundos de pensões em Africa e o seu contributo para desenvolvimento dos mercados de capitais africanos, tendo esta cimeira contado com a participação de lideres, investidores e presidentes de fundo de pensões de Africa e outras partes do mundo.

O Fórum de Negócios EUA-Africa contou com a participação de vários chefes do Estado, incluindo S.Excia o Presidente da Republica, Engº Filipe Nyusi, e S.Excia o Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

 

Fotos do Evento

View the embedded image gallery online at:
http://bvm.co.mz/index.php?fontstyle=f-default#sigFreeIdc48d8dfefe

 
<< Início < Anterior 1 2 Próximo > Fim >>

Pagina 1 de 2
Bolsa de Valores de Moçambique © Todos os Direitos Reservados